Voltar

Seguros

Quais são os seguros exigidos no Crédito Habitação?

Twinkloo - Dezembro 5, 2019

Seguro de Vida e Seguro Multirriscos, são estes os dois seguros exigidos pelas entidades bancárias para lhe conceder crédito apesar de o seguro de incêndio (abrangido pelo Multirriscos) ser o único obrigatório por lei.

Os seguros são uma garantia para os bancos uma vez que o montante associado a este empréstimo é elevado, os bancos necessitam de uma garantia de risco salvaguardando assim o capital emprestado.

Podem ser contratados numa companhia de seguros ou através das seguradoras parceiras das entidades bancárias. Por norma, ao realizar os seguros destas, terá uma bonificação no spread, o que tem um grande impacto no custo total do empréstimo.

Seguro Multirriscos, quais as coberturas?

Para além do seguro obrigatório, o de incêndio, os proprietários optam por contratar um seguro mais abrangente cobrindo outros riscos associados ao imóvel.

O consumir deve escolher este seguro com alguma atenção uma vez que este é quem irá proteger a sua casa e o investimento realizado. Deve analisar bem as coberturas associadas.

Podemos destacar algumas das principais:

  • Reparação de danos causados por incêndios, tempestades, raios, explosões e inundações;
  • Indeminização por furto ou roubo;
  • Reparação causada por danos relacionados com problemas na distribuição de água e rede de esgotos;
  • Perdas decorrentes de fenómenos sísmicos;
  • Cobertura de prejuízos causados a terceiros de forma involuntária.

Seguro de Vida – Que tipos existe?

Não é obrigatório por lei, mas é exigido pelos bancos de igual forma. Não só protege a instituição bancária como também os titulares do crédito, uma vez que o valor do crédito (ou parte) é liquidado em caso de morte ou invalidez.

É importante que tenha o plano ideal para si uma vez que existem vários com diferentes coberturas.

  • Cobertura de Morte

Podemos dizer que é a cobertura mais básica e protege o credor em caso de morte. Este plano permite a liquidação total do montante em divida.

  • Invalidez Absoluta e Definitiva (IAD)

O seguro de vida IAD protege os titulares do crédito em caso de doença ou de acidente se estes ficarem totalmente incapacitados de exercer qualquer atividade profissional remunerada.

Nesta situação, o seguro irá cobrir os encargos caso o grau de incapacidade seja igual ou superior a 80%, o segurado tem que estar dependente de uma terceira pessoa para a realização das suas necessidades básicas.

  • Invalidez Total e Permanente (ITP)

Comparativamente com o seguro de vida IAD, o seguro ITP é mais abrangente. Este é acionado quando existe um grau de incapacidade igual ou superior a 60%. O acidente ou doença impossibilita também o titular de exercer atividade profissional.

Por ser mais abrangente, o seguro de vida ITP é mais dispendioso.

Tenha atenção que por vezes a cobertura não é total, não correspondente aos 100%

Concluindo,

Seja qual for o seguro que optar, este terá um encargo financeiro acrescido ao seu crédito, é importante que faça uma leitura correta das coberturas e cláusulas antes de assinar qualquer contrato. Apesar de ser mais uma despesa mensal, lembre-se que imprevistos acontecem, proteja a si e à sua família.